conquistar mais clientes freelancer

7 Dicas Infalíveis para Conquistar Clientes como Freelancer

Você sabe como conquistar clientes como freelancer? Nestes 7 passos, vou te ensinar como chamar a atenção, gerar interesse e ser contratado por (bons) clientes interessados em seus serviços!

O grande desafio de todo freelancer é lidar com a imprevisibilidade do seu trabalho. Em um mês, você pode fechar diversos projetos incríveis e ganhar aquela tranquilidade que te permite trabalhar melhor. No outro, pode enfrentar grandes dificuldades de fechar novos projetos.

Para muitos freelas, a realidade é de raramente saber como será o mês seguinte.

E quando eu concluir esse job? E se não achar mais clientes? E se eu ficar o mês inteiro sem trabalho? E se eu achar apenas projetos que pagam mal para muito trabalho?

Quer aumentar seus ganhos como Freela?
E-book completo e grátis que vai te ajudar agora a aumentar em até 82% o seu rendimento.

Tudo isso são questões que conseguem tirar nosso sono. Eu entendo! Afinal, já passei muito por isso também.

Já fui daquela que ficava 2 horas da manhã mandando propostas nos sites de freelas em busca de um bom trabalho.

No entanto, trabalhando há 6 anos como freelancer eu aprendi muitas coisas que me ajudam a conseguir sempre ter uma agenda com clientes.

E vou passar algumas dessas dicas para vocês conseguirem encontrar mais clientes (fora dos sites de freelas) sem desespero!

Tenha um portfólio

Antes de tudo, é crucial que você tenha um portfólio.

Isso não significa necessariamente ter um site com todos seus trabalhos disponíveis sendo expostos, ou um documento em .pdf para apresentar aos clientes as suas experiências (embora tudo isso possa ajudar muito!).

Mas, pensando no básico e essencial: você precisa ter trabalhos para apresentar aos potenciais clientes, aqueles que se interessam em te contratar.

Dificilmente uma pessoa contratará um profissional freelancer sem conferir o que ele sabe fazer. E isso só é possível se você comprovar as suas experiências através dos trabalhos já realizados.

Por muitos anos eu trabalhei em sites de freelas justamente montando o meu portfólio.

Escrevi mais de 100 artigos apenas para adquirir cada vez mais experiência, mesmo sabendo que estava em um espaço em que o meu trabalho não era tão valorizado.

Por um lado, isso é ruim. Mas, vendo hoje de forma ampla, eu percebo que valeu a pena.

Como redatora freelancer, hoje eu posso apresentar aos clientes um extenso portfólio que mostra minhas principais habilidades que vão além da própria escrita, como a minha capacidade de pesquisa aprofundada, de gerar conteúdo de valor para quem lê independente do nicho/tema do texto, além da facilidade de escrever para diferentes públicos.

Tudo isso fica claro aos clientes quando eu consigo apresentar 5 a 6 textos de diferentes pautas. Mas só é perceptível justamente quando o cliente tem acesso ao meu portfólio e confere por si próprio os meus textos.

Como o portfólio ajuda a conquistar clientes?

De fato, construir seu portfólio não atrairá os clientes por si só. Não basta hospedar o portfólio em um site e esperar que caia clientes em seu e-mail pedindo por seus serviços. Não funciona assim!

Mas ter um portfólio é o que chamamos de “estar pronto“.

Com as próximas 6 dicas que daremos você descobrirá onde encontrar seus melhores clientes.

No entanto, de nada adianta você encontrar pessoas interessadas no serviço que você tem a oferecer se você não estiver pronto. Ou seja, não mostrar a ele todo seu potencial e convencê-lo de que o que você consegue oferecer o que ele está buscando em um profissional.

E você realiza isso apresentando um bom portfólio.

7 Dicas Infalíveis para Conquistar Clientes como Freelancer 1

Construa relacionamento com clientes

Para essa dica estou participando do pressuposto de que você já tenha realizado, pelo menos, alguns trabalhos e tenha alguns clientes.

Portanto, essa dica talvez não faça sentido se você está começando a trabalhar agora e ainda não conseguiu nenhum job. Mas, se este for seu caso, leia mesmo assim!

Como eu gostaria de ter tido conhecimento disso quando comecei a trabalhar como freelancer!

Uma vez com seu portfólio construído, a segunda melhor coisa que você pode fazer é construir um bom relacionamento com os clientes com quem já trabalhou.

Isso vai te ajudar de duas formas:

  1. Seu cliente verá em você um profissional com quem ele pode contar sempre que precisar daquele serviço que você presta. E em algum momento, ele poderá recorrer a você para novos jobs e projetos;
  2. Seu cliente recomendará você para colegas e amigos que precisem de serviços que você oferece.

Acredite: o “Quem Indica” faz toda a diferença no mundo freelancer.

E afirmo isso com propriedade por conta da minha experiência.

Após ter parado de recorrer tanto às plataformas de freelas e começado a conversar mais com clientes que já haviam me dado oportunidade (mostrando-me disponível para novos projetos e apresentando outros serviços que eu sei desenvolver dentro da minha área), passei meses sem precisar buscar novos clientes, pois eles chegavam até mim através das indicações.

Hoje, faz cerca de um ano e meio que eu não busco mais por clientes – e já não consigo atender todas as pessoas interessadas em meu serviço.

Nunca perca o contato de nenhum excelente cliente. Você nunca sabe quem pode te conectar a uma grande oportunidade!

Como construir relacionamento com o cliente?

Acredito ser necessário explicar com mais detalhes como você pode construir um bom relacionamento profissional com seu cliente.

Tratar o cliente com educação, responder sempre o mais rápido possível (dentro dos limites, obviamente) e dar atenção ao que ele pede de você é apenas o básico.

E o básico funciona, ok? O que mais ouço dos meus clientes é que não tem tantos profissionais bons no mercado, aqueles que conseguem fazer o arroz com feijão bem feito. Ou seja, fazer o básico.

Entenda que você está vendendo algo (seu serviço), então você precisa saber como atender o cliente, assim como qualquer dono de um negócio.

Esse é o primeiro passo para você construir um bom relacionamento com seu cliente: fazendo o básico.

E há agora alguns diferenciais que podem te destacar e fazer o cliente perceber que você é um profissional valioso.

Todo mundo possui problemas e dificuldades em seu trabalho. Se você conseguir identificar um problema/dificuldade que você pode ajudar o seu cliente, pontue para ele isso. Mostre uma solução que você consegue oferecer, algo que pode resolver para ele, que o ajudará a economizar tempo e energia.

Isso fará o cliente enxergar em você um profissional que toma iniciativa, que está disposto a ajudá-lo, que é um bom observador. Tudo isso são qualidades excelentes!

7 Dicas Infalíveis para Conquistar Clientes como Freelancer 2

Use profissionalmente as redes sociais

Uma das melhores formas de você conquistar novos clientes (e até mesmo fidelizar os antigos!) é usando profissionalmente suas redes sociais para este fim.

As redes sociais hoje possuem um poder muito forte para quem deseja usá-las para ganho profissional – e você acaba perdendo um espaço valioso (que é gratuito!) para chamar a atenção para seu trabalhando, mostrando e gerando interesse de dezenas, centenas ou até milhares de potenciais clientes.

Hoje, todos os profissionais que desejamos contratar buscamos nas redes sociais.

Quando quero ir em um dentista, sempre busco no Instagram por dentistas da minha cidade. Quando quero ir em uma designer de sobrancelhas, faço a mesma coisa. Nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, arquiteto, advogado…

E por que você, que é um profissional independente, não está divulgando também a si mesmo e seus serviços?

Por medo do que as pessoas vão falar? Por vergonha? Por não saber (embora isso é fácil de aprender) como se posicionar, mostrar conteúdo, gerar interesse?

Tudo isso pode ser superado, e os resultados que virão te mostrarão que vale a pena superar cada um desses obstáculos.

É através das redes sociais que criamos afinidade com a pessoa. As pessoas se sentem mais propensas a comprar de quem elas gostam. Pois, uma compra acontece quando há confiança: o cliente precisa confiar que você é um profissional capacitado que o ajudará.

Por isso, ao usar as redes sociais de forma profissional, você está dando um grande passo para vender mais serviços, alcançar mais clientes e, após alguns meses, até mesmo escalar o seu negócio.

Através das redes sociais você constrói uma imagem de autoridade para si mesmo, que permite que os seus clientes vejam você como um profissional que realmente sabe daquele assunto, alguém capacitado.

Além disso, você pode mostrar seus valores e princípios, algo que ajuda a conectar as pessoas. Você pode mostrar múltiplas habilidades e áreas de interesses, que abrem portas para novos trabalhos que um cliente talvez nunca imaginou que você pudesse fazer.

Para isso, te dou algumas dicas na hora de produzir conteúdo para conquistar clientes:

  • Fale diretamente com seu cliente: Vejo muitos frelas produzindo conteúdos para outros freelas quando desejam, na verdade, alcançar clientes. Então, comece a falar diretamente com as pessoas que realmente vão se interessar em contratar seus serviços;
  • Mostre o que você sabe fazer: fale de suas qualificações, de experiências anteriores, cursos que fez, o que aprendeu, o que está aprendendo;
  • Exponha como você pode ajudar seu cliente: toque na dor dele, aquilo que você pode solucionar, e mostre como você soluciona;
  • Divulgue os feedbacks: uma pessoa se sente muito mais confiante para contratar um profissional a partir de indicações, quando vê que outras pessoas já contrataram aquele serviço e gostaram.

Pronto! Comece a postar, aposte em uma boa identidade visual, imagens de qualidade, posts bem escritos e uma presença constante. Os resultados virão!

7 Dicas Infalíveis para Conquistar Clientes como Freelancer 3

Faça amizades em seu meio

O trabalho freelancer pode ser muito solitário. E, embora você trabalhe sozinho, da sua casa (ou de qualquer lugar que esteja), isso não significa que precisa, de fato, ser um trabalho permeado pela solidão.

Pelo contrário!

Quanto mais colegas de trabalho você conhece (profissionais que prestam o mesmo serviço que você ou faz trabalhos análogos, em áreas complementares), melhor será.

Você pode estar pensando: “Ah, mas eles são meus concorrentes!”

E, realmente, eles oferecem os mesmos serviços, mas não necessariamente precisam ser concorrentes! Você pode construir verdadeiras conexões de amizade com estes profissionais, o que pode te ajudar.

Por exemplo, muitas vezes eu tenho demandas muito além do que eu consigo dar conta, por já ter uma agenda com muitos clientes. Nestes casos, eu sempre posso acabar indicando um amigo redator meu para um serviço que eu não posso desempenhar naquele momento.

É assim que novas oportunidades podem surgir para você também!

Além disso, você pode fechar parcerias com profissionais de áreas relacionadas. Por exemplo, um designer e um redator podem fechar uma excelente parceria para elaborar projetos para redes sociais de clientes.

E isso funciona por um motivo muito simples: será mais fácil para o cliente contratar um combo de serviço 2 em 1 (design + escrita) do que ele sair em busca de cada profissional separadamente que, depois, precisará trabalhar junto.

Percebe a vantagem?

O mesmo pode valer para diferentes áreas: assistente virtual, editor de vídeos, programador, desenvolvedor de sites, social media, gestor de tráfego…

Quanto mais parcerias você conseguir formar, maiores são as suas chances de fechar excelentes trabalhos e conhecer mais clientes!

plataformas de freela para conquistar clientes

Plataformas para Freelas

As plataformas para freelancers também são uma excelente oportunidade de você conquistar clientes, especialmente quando você está no começo e quer aumentar as suas possibilidades de trabalhos.

Durante 3 anos, trabalhei com o auxílio de oportunidades de jobs que conseguia na Workana, uma plataforma excelente para freelas!

Nestas plataformas existem dezenas de novos trabalhos todos os dias. Ou seja, dezenas de novos clientes em busca de profissionais como você!

Ao conseguir fechar alguns jobs, você pode sempre também tentar estabelecer uma conexão com estes clientes, buscando uma forma de contato que não seja intermediada através da plataforma.

Inclusive, foi assim que eu conquistei excelentes clientes fixos que acabaram me indicando para amigos, colegas e conhecidos que também precisavam do meu serviço. Com isso, depois de 3 anos buscando clientes semanalmente nas plataformas, passei a não depender mais delas.

Existem algumas desvantagens das plataformas, a começar pelo fato de que, assim como há muitos clientes buscando profissionais, há muitos profissionais oferecendo seus serviços, então é necessário um esforço extra para se destacar.

Além disso, por haver uma alta oferta de serviços, os preços também costumam ser competitivos. Ou seja, provavelmente você vai receber menos, pois há sempre alguém tão bem qualificado como você que está oferecendo o serviço por um preço menor.

O importante para se dar bem nas plataformas é seguir a regra do jogo: tente se destacar como puder e de acordo com seu objetivo (conquistar muitos clientes? construir seu primeiro portfólio? formar conexões? ganhar mais dinheiro?), mas mantenha o foco sempre em construir conexões sólidas (relacionamento com cliente!) de modo que você possa continuar trabalhando para ele fora daquele espaço.

O freelancer que deseja conquistar clientes nunca pode ter preguiça de divulgar seu trabalho.

LinkendIn

Se você tem o objetivo de conquistar mais clientes, você precisa estar no LinkedIn, que é uma rede social totalmente voltada para networking e conexão de profissionais ao redor do mundo.

E acredite: o mercado para freelancer no LinkedIn é muito bom! Existem vários profissionais lá que estão já produzindo conteúdo, vendendo seus serviços e formando conexões importantes.

Por isso, é uma excelente forma de você se destacar e conhecer outros profissionais de áreas análogas a sua que podem realizar recomendações ou até mesmo fechar parcerias de novos jobs.

Para isso, você deve:

  • Possuir um bom perfil no LinkedIn: preencha todas suas informações adequadamente, coloque uma boa foto, insira suas habilidades, exponha experiências anteriores;
  • Produzir conteúdo relevante: dê dicas que podem ser úteis, ajude outros profissionais com conhecimentos que você possui (o cliente está de olho nisso!), compartilhe suas experiências, conte histórias interessantes, mostre qualificações (cursos feitos, eventos que você compareceu, trabalhos relevantes);
  • Construir networking: converse com pessoas de sua área, profissionais de áreas análogas, interaja com o conteúdo deles, esteja ativo na rede.

Isso é o básico, mas relembre o que já falei acima: o básico funciona! Com isso, você constrói um perfil forte, relevante, que chama a atenção tanto do cliente final, quanto de agências ou pessoas que trabalham recrutando profissionais para seu time.

7 Dicas Infalíveis para Conquistar Clientes como Freelancer 4

Prospecção direta

A prospecção direta nada mais se trata do que você entrar em contato diretamente com pessoas que possam se interessar por seu serviço, seja por e-mail ou por redes sociais.

Por exemplo, no caso de um redator, seria mandar um e-mail para um site que ele teria interesse em escrever. No caso de um Social Media, você pode entrar em contato com uma loja/empresa que você percebe que não possui um profissional nesta área ainda.

Coloquei esta como a última opção para conquistar clientes por ela ser, na minha opinião, a mais complicada de todas. Nas anteriores, o cliente é sempre o primeiro a partir para o contato com você – aqui, acontece o contrário.

Ao fazer a prospecção direta é essencial que você mantenha em mente que você é um grande desconhecido para seu potencial cliente.

Além disso, existe uma imagem que pode ser construída a seu respeito: de que você está desesperado por trabalho. E, convenhamos, espera-se que bons profissionais estejam sempre com a agenda lotada.

Por isso, é necessário alguns cuidados na hora de se apresentar e oferecer seus serviços.

Se você for se aproximar pelas redes sociais, recomendo que comece a seguir, interagir (comentar, mandar direct) com a pessoa/empresa antes de tudo. Mostre-se interessado e interaja para agregar valor.

Ou seja, ofereça sugestões e ideias sempre complementando aquilo que este potencial cliente já tem feito. Ao criar uma relação, você pode falar sobre o que você faz, que você enxergou que ele possui uma necessidade em um profissional como você, se disponibilizar para mostrar seu portfólio e conversar melhor sobre o assunto.

Nunca chegue apenas jogando o seu portfólio e pedindo uma oportunidade!

No caso de e-mail, é interessante você já chegar contribuindo de alguma forma. Por exemplo, para redatores, você pode chegar com um texto que tem a ver com o nicho do cliente, mostrar o texto para ele e perguntar se ele possui interesse em te contratar como redator.

Quando você faz uma prospecção direta é fundamental que você disponha um tempo para estudar este potencial cliente, o que ele faz e como você pode ajudá-lo. A sua proposta precisa ser personalizada, então nada de montar um texto padrão e enviar para várias pessoas aleatórias.

Você precisa mesmo de mais clientes?

Por fim, quero fazer você refletir sobre algo que mudou a minha trajetória profissional completamente e que ninguém nunca tinha me dito, mas eu aprendi na marra.

Por muito tempo eu acreditei precisar ficar correndo atrás de novos clientes. Terminava um projeto com um cliente e já partia na busca de um novo projeto com um novo cliente.

Essa busca era cansativa e gerava um desgaste mental e emocional extremo. Afinal, acabava encontrando vários clientes ruins, que pediam muito descontos, reclamavam dos textos e muitos que nem mesmo sabiam o que queriam para seus projetos.

Até que eu percebi que nem sempre eu precisava de novos clientes, o que eu precisava mesmo era aprender a construir relacionamento com meus clientes já existentes (dica n° 2) e me apresentar disponível para novos projetos que eles estivessem desenvolvendo.

Parece algo simples, mas muitas vezes não é.

Nem sempre o cliente sabe que você consegue fazer diferentes tarefas, pois ele te contratou para algo específico. Mas se você constrói um relacionamento com ele e ele enxerga em você a capacidade de se adaptar em diversas atividades dentro da sua área, ele terá o interesse em seguir trabalhando com você.

Pense comigo: para o seu cliente também é muito cansativo estar sempre buscando e confiando em novos profissionais, desenvolvendo um trabalho do zero com eles. Mas é muito mais fácil dar novas oportunidades a alguém que já trabalhou com ele, que entende sua dinâmica de trabalho e consegue manter uma boa comunicação.

Portanto, o que ele busca é encontrar uma pessoa confiável com quem possa desenvolver um bom relacionamento profissional. Dessa forma, ele tem esse profissional com quem ele pode contar para diferentes projetos que ele esteja desenvolvendo.

Viu só? Não se trata apenas de algo que facilita a sua vida, mas também do seu cliente.

Colocando tudo isso em prática, você conseguirá conquistar clientes excelentes e nunca mais vai ficar sem jobs. Eu posso te garantir, pois foi assim que eu transformei uma carreira freelancer instável em uma carreira sólida.

Quer aumentar seus ganhos como Freela?
E-book completo e grátis que vai te ajudar agora a aumentar em até 82% o seu rendimento.